Notícias

PARCERIAS

Unidade de Pontes e Lacerda reverte recursos penais em melhorias das instalações

03/05/2017 - 18:35
Augusto Pereira | Corpo de Bombeiros

A 8ª Companhia Independente de Bombeiros Militar (CIBM) de Pontes e Lacerda (450 km a Sudoeste de Cuiabá) começou, nesta terça-feira (02.05), a pintura que finaliza a reforma recente da unidade. A ação foi possível graças à destinação de uma transação penal de extração ilegal de madeira para o investimento em infraestrutura das unidades da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Mato Grosso (Politec) e do Corpo de Bombeiros do município.

A penalidade foi revertida em recursos para a segurança pública por iniciativa do Ministério Público Estadual (MPE), que foram destinados à Politec e à 8ª CIBM, em Pontes e Lacerda.

A divisão dos recursos para os referidos órgãos foi uma decisão do Conselho Comunitário de Segurança Pública do Município. O valor destinado pelo MPE foi de R$ 7.500,00 para a Politec e o mesmo valor para os bombeiros. Além disso, o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) do município ainda destinou R$ 5 mil para investimentos na infraestrutura da 8ª CIBM.

Entre as benfeitorias realizadas estão a restauração de ambientes administrativos, a reforma do banheiro e vestiário, construção da garagem das viaturas, manutenção de equipamentos operacionais, como motosserra e desencarcerador, sistema de acionamento dos bombeiros, manutenção de TI, adesivos das viaturas, entre outras ações.

A transação penal que foi convertida no recurso se originou numa ação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que fez a apreensão das madeiras. A perícia foi acionada e realizou a medição do produto apreendido e foi lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Com o intermédio do Conselho da Comunidade, formado por membros da comunidade do município, foi destinado recurso da Justiça Criminal para que a 8ª CIBM melhorasse sua estrutura.

O tenente Felipe Shiro, que coordenou a reforma na unidade, destacou as parcerias da 8ª CIBM. “Sempre temos recorrido ao MPE e ao Juizado Especial da Comarca de Pontes e Lacerda em busca de soluções e temos conseguido respostas positivas”. O capitão Wallenstein Maia agradeceu o apoio do Ministério Público Estadual, em nome do promotor Frederico Ribeiro, e à Comarca de Pontes e Lacerda, em nome do juiz Leonardo Tumiati.