Notícias

PARCERIA

Termo de Cooperação permitirá construção da sede da Politec em Confresa

27/02/2018 - 13:29
Nara Assis | Sesp-MT

Um Termo de Cooperação para a construção de uma sede da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) em Confresa (1.180 km a nordeste de Cuiabá) será firmado nos próximos dias. O projeto, que inclui a estruturação dos serviços de criminalística, identificação técnica e medicina legal, foi apresentado pela diretoria da Politec em reunião nesta segunda-feira (26.02), na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), com representantes do município. A Prefeitura será a responsável pela doação do terreno que abrigará o prédio.

O documento deve ser elaborado e assinado no mês de março. Além desTe, outro termo será firmado entre a Prefeitura e a Igreja de Deus no Brasil, que será responsável pela construção da sede. Para a aquisição de mobiliário e equipamentos, o prefeito de Confresa, Rônio Condão, conta com a liberação de emendas dos deputados federais Victório Galli e Nilson Leitão. “Estamos muito felizes por contar com a parceria do Estado, de parlamentares, da igreja e da sociedade civil neste projeto que trará mais segurança para a região. Temos uma demanda grande e precisamos muito, principalmente, de um local adequado para o Instituto Médico Legal (IML)”, afirma.

A nova sede terá área de 1.700 m², com os espaços distribuídos estrategicamente de acordo com cada atendimento. “Dessa forma, asseguramos mais privacidade à vítima que precisa passar por um exame, por exemplo, na medida em que ela não precisará passar pelos outros setores de atendimento”, explica o diretor da Politec, Reginaldo Rossi do Carmo. Ele também ressaltou que o município de Confresa recebeu mais um perito criminal recentemente, aprovado no cadastro de reserva do último concurso, e que os esforços continuam para reforçar o quadro de pessoal.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Gustavo Garcia, a Politec tem um papel importante no fortalecimento do sistema de segurança pública, principalmente no processo de investigação. “Esse trabalho é fundamental para a elucidação de crimes e identificação de autores destes atos, e ainda são feitos os serviços de cidadania, como a emissão de carteiras de identidade, com um viés social louvável”.

Além do prefeito, também participaram da reunião o supervisor regional da Igreja de Deus no Brasil, bispo Gasparino Gregório, e o diretor de Cuiabá da Igreja, bispo Elton Divino Lourenço.