Notícias

PLANEJAMENTO

Politec se reúne com parceiros para a definição de calendário de ações de cidadania

22/11/2019 - 15:50
Assessoria - Politec/MT

As etapas que envolvem desde o atendimento para a solicitação do documento de identidade e todo o processamento até a sua emissão, foram apresentadas pela Perícia Oficial e Identificação Técnica a dez instituições parceiras que realizam mutirões de cidadania e que solicitam o serviço de identificação civil durante os eventos.

O workshop foi realizado na terça-feira (19.11), na Secretaria de Estado de Segurança Pública,  e teve como objetivo discutir sobre o planejamento de ações de cidadania para 2020, de modo a viabilizar a participação da Politec em todos os eventos promovidos pelas entidades.

Em 2019, mais de dois mil RGs foram expedidos pela Diretoria Metropolitana de Identificação Técnica durante os 51 mutirões em que a Politec participou em todos estado de Mato Grosso.

Em um deles, na aldeia Halataikwa da etnia Enawene Nawê, realizado em setembro, foram emitidos 583 RGs, entre 1ª e 2ª vias. A atuação da instituição foi elogiada pela secretária adjunta de Cidadania, Rosineide Pascionato durante o workshop.

“A solicitação do RG é o serviço mais solicitado durante as ações de cidadania promovidas pela Secretaria. Durante o mutirão na aldeia Halataikwa, que era uma demanda reprimida, a Politec teve muita boa vontade em nos atender, com a participação de uma equipe completamente dedicada. Recentemente enviamos quatro servidores para a um treinamento junto à Politec e nos comprometemos a enviar a nossa programação dos mutirões para mantermos esse serviço nas nossas ações”, comentou a secretária.

Durante a reunião, o Diretor Metropolitano de Identificação Técnica, Ailton Silva Machado, apresentou o panorama de evolução histórica com a expansão dos atendimentos da Politec no interior do Estado através das parcerias com prefeituras e órgãos públicos. Também citou o processo de modernização do serviço de emissão de RGs, com o advento do novo padrão nacional de documento de identidade, e com a implantação dos kits de captura biométrica em substituição ao processo manual de coleta de impressões digitais com tinta, dentre outros aspectos.

O serviço de identificação completará 100 anos em 2021 e remonta à origem da Politec, com a criação, em 1921, do Gabinete de Identificação e Estatística Criminal. Nos últimos cinco anos a instituição já contabiliza mais de 1 milhão de pessoas atendidas com o serviço de emissão de RGs no estado.

“Quando se distribui o atendimento em quase todos os municípios, a Politec tem feito chegar em cada rincão desse Estado o acesso ao serviço de emissão do RG, mesmo que de forma tímida e principalmente com o auxílio dos municípios credenciados, garantindo "cidadania". Os termos de cooperações foram formalizados por meio de contratos com os municípios, parceiros nossos, e que sem eles não conseguiríamos. Sem esquecer da modernização implantada nos sistemas de identificação a qual propiciou, mesmo com a redução no quadro de pessoal, a manutenção dos processos em dia, mesmo diante do aumento da demanda’’, analisou o diretor.

Outra parceria que tem se consolidado nos últimos anos são os termos de cooperação técnica com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), por meio dos Mutirões Rurais. Conforme o coordenador da Equipe de Supervisão da Senar, Marcos Medeiros, a Politec esteve presente em 32 eventos do Mutirão Rural em 2019, com a emissão de quase 1.000 RGs. “Acredito que reuniões como essas com parceiros que atuam em levar a cidadania para os municípios do interior é de grande valia porque a gente deixa de sobrepor atividades e se cria um consenso na entrega desses produtos e serviços. A gente gostaria que as comunidades rurais, que é o foco do Senar, continuem sendo atendidas", comentou.  

Mais de 800 moradores das regiões ribeirinhas do Pantanal mato-grossense e da Região Araguaia foram atendidas em 2019 por meio de parceria com o Poder Judiciário.

“Pessoal incansável, dedicado, competente, que tem a sensibilidade de tratar com as pessoas. A população do Araguaia se sentiu abraçada pela Politec, pois eles precisam desse serviço. Posso dizer que a instituição fez a diferença ao incluir esse cidadão no mundo com a emissão do RG. Só tenho a agradecer ao Ailton e toda a equipe, por atenderem prontamente ao chamado do Poder judiciário”, definiu o juiz coordenador da Justiça Comunitária Estadual, José Antonio Bezerra Silva.

Ao final da reunião as instituições se comprometeram a encaminhar o calendário de ações que estão programadas para 2020 até o dia 15/12, para que então sejam definidos os mutirões que terão a participação da Politec.

O workshop teve a participação do Secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, do Diretor Geral da Politec, Rubens Sadao Okada,  de representantes do Sistema Fiemt, Senar, PJC, PM, OAB, Setasc, Sesp, TJ-MT, e demais gestores da Politec.